quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Ritual de Conquistas para o Ano Novo - Pedro Guardião

Este é um ritual muito bom de fazer para direcionar seus desejos e conquistas para o novo ano que começará. Você pode realizá-lo no ultimo dia do ano ou se não der, na última semana.

Você vai precisar de:

- 3 velas das cores relacionadas aos seus desejos.
- 3 cristais de quartzo branco.
- Incenso da sua preferência.
- Taça com água.
- Caldeirão.
- Fogo Sagrado.
- Um papel pergaminho.
- Um lápis.

Para dar início, pegue o caldeirão, posicione-o num lugar seguro e tranqüilo, preparado respectivamente com o fogo sagrado e álcool. Pegue as velas, focalize seu pedido relacionado com a cor dela esfregando-a entre as mãos e mentalizando aquilo que você quer, uma a uma. Faça um triângulo com elas em volta de você determinando o espaço utilizado para o ritual. Ao lado direito do caldeirão, posicione o incenso. Do lado esquerdo, a taça com água. Em seguida, junte os 3 cristais de quartzo branco na taça, isso fará que ocorra uma expansão maior de energia.
Acenda o incenso e as velas começando pelas velas da base do triângulo, até chegar na da ponta. Faça uma oração ao Deus Hermes, chame seus guardiões e os elementais. Respire profundamente, três vezes seguidas. Sinta a energia ao seu redor. Acenda o caldeirão. Pegue o papel pergaminho, o lápis e deixe sua mente leve e ao mesmo tempo focada nos seus desejos. Escreva uma carta! Isso, uma carta saudando o ano que está por vir e nela, coloque seus desejos mais profundos e as coisas que você deseja conquistar nele. É um momento muito íntimo seu e dos deuses, converse com eles, sejam quem for.

Feita a carta, dobre, e no remetente, coloque seu nome e no endereço, escreva: A morada de minha Alma. No destinatário, escreva: Aos Deuses de todo meu coração. Isso implica que, toda aquela egrégora que te acompanha estará te auxiliando o ano todo para a conquista dos seus desejos, mas quem realmente trabalha para consegui-los, é você mesmo.
Respire profundamente três vezes novamente e sopre a carta, selando o processo ali feito. Se desejar, passe seu perfume favorito nela. Diga em voz alta:


“Envio esta carta aos Deuses, especialmente à Hermes, aos guardiões que me acompanham e à Grande Mãe, para que me auxiliem na busca dos meus desejos mais profundos”.

Em seguida, atire a carta nas chamas do caldeirão. Deixe ela queimar até o fim e enquanto isso, você pode visualizar todos seus desejos escritos lá, se realizando.
Quando o caldeirão apagar naturalmente, agradeça todas as forças ali presentes e se despeça em luz e graça. No mesmo lugar ou num cantinho reservado para isso, deixe as velas queimarem até o fim. Jogue a água da taça em água corrente e os cristais, você pode carregá-los com você na virada do ano.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

2011 e a Regência de Mercúrio - Pedro Guardião

O ano de 2011 terá a regência de Mercúrio, planeta que simboliza as comunicações, os pensamentos, os métodos e toda a forma de organização que envolver trabalho e o ritmo de vida, especialmente na rotina. Rege os signos de Gêmeos e Virgem, propensos a serem mais beneficiados com uma nova etapa pessoal significativa neste ano.

Com o ano de Mercúrio, tudo o que envolver a comunicação deverá ter grande destaque. Basta lembrarmos 1990, com o surgimento da telefonia celular de forma mais abrangente (mesmo com os aparelhos que pareciam tijolos), 1997 com a moda dos Bips e uma popularização mais acentuada da Internet e 2004 onde, também na Internet, redes sociais - especialmente o Orkut - e tecnologias importantes de comunicação influenciaram ainda mais as relações coletivas, sociais e de trabalho.
Em 2011 não será diferente, especialmente com as facilidades proporcionadas por novos meios de comunicação e tecnologias em nosso dia a dia. As novidades, que já são usuais, deverão ser
mais popularizadas, tanto através dos tablets, smartphones, ipods, ebooks e outras novidades que farão parte do ritmo mundial graças as novas ferramentas que somarão aos meios de comunicação. Aliás, tais recursos trarão maior benefício em áreas fundamentais, como no comércio e em instituições de ensino.

A regência de Mercúrio é benéfica para colocar ordem ou estabelecer critérios especiais para os assuntos sociais e do mundo em geral, tanto na economia mundial, nos assuntos políticos e em outros coletivos que refletem diretamente em nossa vida. Será um ano de cuidado com as informações, até para não agirmos de maneira precipitada diante de tudo aquilo que tivermos acesso. Também será essencial uma consciência para que as facilidades de contato com alguém não traga comodidade e pouco empenho para estarmos perto das pessoas fisicamente.


fonte: http://www.astrologo.blog.br/2010/12/2011-regencia-de-mercurio-brasil-mundo.html

Os Signos para 2011 - Pedro Guardião

ÁRIES
O ano de 2011 em seu inicio tende a marcar uma ansiedade por expectativas que tenha, sendo fundamental o cuidado para não fazer as coisas antes do tempo certo. São maiores as chances para o envolvimento com estudos e para mudar o ritmo de sua rotina, especialmente em temas ligados a trabalho. O segundo semestre traz tendências para maior empenho com situações materiais, prioridades na aquisição de algo ou mesmo o ajuste de temas ligados a dinheiro. Cuide para que a relação com parentes e familiares não seja marcada pela falta de comunicação e paciência. Na vida afetiva, há tendências para levar mais a sério velhos planos junto a quem ama, os quais antes, não teve oportunidade para dedicar como gostaria. Terá mais oportunidades para encerrar mal entendidos ligados a antigos sentimentos.

TOURO
Este é um ano importante para uma reflexão sobre valores. Aquilo que ganhou, perdeu ou deverá ganhar podem ser vistos de maneira mais supérflua ao perceber o quanto algumas pessoas precisam estar perto de você. A entrada de Júpiter em seu signo no segundo semestre tende a beneficiar finanças, expansão profissional e a aquisição de novos conhecimentos. Novas prioridades materiais e metas financeiras serão favorecidas, mas será essencial mais controle das finanças para não correr riscos de prejuízo com o que não deve. A vida amorosa é propensa a uma nova fase, com mais intensidade e um rumo diferente e sólido para planos a dois, até para quem planeja filhos. Momento para valorizar hábitos saudáveis e para prevenções com a saúde.

GÊMEOS
Seu planeta regente Mercúrio também rege o ano de 2011, o que proporcionará motivações para novos projetos e oportunidades maiores para realizar objetivos que há tempos desejava. Novas convivências em grupo são propensas no primeiro semestre, facilitando a conquista de novos amigos, mas precisando de paciência para saber lidar com diferenças diante dos pontos de vista nas relações mais frequentes. O ano aponta boas possibilidades para mudanças no lar, bem como ajustes que desejava fazer no passado mas só este ano terá mais condições. As relações familiares e amorosas serão marcadas para esclarecer situações e para o desprendimento de receios e assuntos que no passado impediram entendimentos e momentos mais felizes.

CÂNCER
O ano novo deve marcar mais empenho na dedicação aos assuntos das pessoas que mais gosta. Mesmo assim, tende a mudar sua postura com questões amorosas e na família, se desprendendo de alguns costumes. A compreensão e a tolerância com os pensamentos dos outros será fundamental. A retomada de amizades e vivências com novos grupos serão mais frequentes durante o ano e farão com que abandone relações desgastantes. Momento mais propenso para iniciar estudos, esclarecer assuntos relacionados a documentos importantes e questões jurídicas. Terá oportunidades para aperfeiçoar conhecimentos que favoreçam o trabalho. A dedicação a crenças, a espiritualidade ou mesmo a alguma terapia será essencial no equilíbrio de suas energias.

LEÃO
Os primeiros meses de 2011 deverão ser especiais para viagens, contatos com o estrangeiro ou pessoas a distância. A dedicação a atividades que enriqueçam o intelecto e auxiliem na sua prática profissional será benéfica, especialmente no primeiro semestre. Aliás, é um ano positivo para maior integração junto a grupos nas questões profissionais. Nas finanças, será necessário definir as questões mais essenciais a resolver e evitar que o seu dinheiro seja direcionado para algo que possa se arrepender depois. Ainda assim, a tendência é de um ano mais compensador e positivo, com oportunidades para a definição de projetos materiais que almeja. Na vida amorosa será essencial buscar um equilíbrio, tanto para não ser disperso como para não agir de forma possessiva.

VIRGEM
2011 é o ano de Mercúrio, que também é seu planeta regente, assim como é o de Gêmeos. Nestes anos, as condições para executar suas metas com a precisão que sempre preza são sempre mais favoráveis. O ano é positivo para o trabalho, especialmente com novos propósitos que deverão aumentar suas motivações. No primeiro semestre existem mais propensões a imprevistos financeiros e necessidade de cuidado para que não se exceda financeiramente. Período propenso para sanar despesas e ajustar antigas pendências. Nas relações pessoais, há tendências para mais intensidade emocional, especialmente em função de confidências ou problemas dos outros que vier a se dedicar. Na vida amorosa será essencial uma reflexão sobre interesses e valores similares com quem estiver ao lado.

LIBRA
A dedicação a assuntos de outras pessoas e mesmo a projetos que envolvam parcerias deverá tomar sua atenção já no começo de 2011. Conter a ansiedade e posturas impulsivas será essencial para não causar atritos desnecessários com quem gosta. A vida amorosa traz indicações para momentos intensos e especiais, mas de cuidado para que posturas individualistas não sejam motivo para atrapalhar situações, mesmo se estiver sozinho(a). Para o segundo semestre, cuide para não se desgastar demais no empenho a problemas de outras pessoas ou especialmente nas relações familiares e de amizade. Questões financeiras recomendam cautela, principalmente diante de negócios em sociedade, já que há tendências para imprevistos. Viagens e estudos também são temas que deverá priorizar neste ano.

ESCORPIÃO
Novos hábitos e mesmo o desprendimento de alguns padrões influenciarão 2011. Já em seu início, há possibilidades para novos desafios profissionais ou mesmo para mudanças em costumes e nas relações do ambiente profissional. Este é um setor propenso à situações especiais junto a parcerias ou mesmo, se já possuir alguma, para mudar o rumo diante delas. O ano é também para cuidados especiais com o corpo e a saúde, tanto na solução de problemas como em ações preventivas. Durante o segundo semestre, Júpiter influencia Touro, seu signo oposto, o que deverá apontar uma nova fase na vida a dois, com mais intensidade na vivência de sentimentos e de objetivos que tenha em comum com quem estiver. Também é uma época para novidades e conquistas a quem estiver só.

SAGITÁRIO
O ano de 2011 traz tendências para que suas relações sejam diferentes, algo que deverá ser notado tanto no ambiente de amizades quanto no meio profissional. Novas responsabilidades e desafios trarão motivação no trabalho, sendo importante conter a ansiedade diante de empolgações e para não apressar acontecimentos antes de seu tempo certo. Também é um ano importante para definir objetivos na vida a dois, evitando excesso de cobranças, seja ao cônjuge e até a si mesmo(a). Os assuntos familiares ocuparão atenção, especialmente pelo envolvimento emocional diante de interesses de quem for mais apegado(a). Momento importante para retomar costumes especiais diante dos mesmos.

CAPRICÓRNIO
O período anual será importante para a recompensa de projetos de longa data. Ainda que algumas metas pareçam distantes de uma realização, 2011 será um ano chave para detalhes que a definam, mesmo em anos seguintes. Os assuntos relacionados a vida amorosa são propensos a momentos intensos, especialmente no segundo semestre. Quem for comprometido(a) e estiver com planos para filhos ou algum novo objetivo para a família terá um ano mais favorecido para tais êxitos. Quem está só, deve valorizar momentos sociais e expor os sentimentos para aproveitar oportunidades em conquistas e paqueras. Questões relacionadas a viagens, estudos, atividades culturais e pendências jurídicas serão temas que deverão tomar dedicação especial.

AQUÁRIO
O reconhecimento de habilidades e mesmo da sua criatividade serão notados em 2011 especialmente no trabalho, propenso a ser marcado por oportunidades para aperfeiçoar o que sabe. Sua capacidade para interagir nas relações e para corresponder a confiança de outras pessoas será testada para lidar com desafios profissionais. É um ano em que o envolvimento emocional com familiares tende a ser valorizado, em função de situações especiais vividas junto a eles e até pela diferença de algumas condutas e transformações vivenciadas pelos dois lados. A vida amorosa deverá marcar momentos especiais, tanto para planos a quem for comprometido(a) como em oportunidades para desprendimento de temas do passado para quem estiver só.

PEIXES
Os assuntos financeiros e materiais terão prioridade especial para 2011 já em seu início. A fase é de atenção para não se exceder em gastos e para aproveitar oportunidades na organização de metas materiais, investimentos para si mesmo(a) e para seu crescimento pessoal, contendo outros interesses que poderão esperar. Também é um momento especial para evitar exigências diante das relações em família, que serão propensas a ocupar sua atenção pela dedicação a assuntos de parentes e também sobre planos para o lar. A vida amorosa trará oportunidades para se voltar a assuntos da pessoa amada e para vencer antigos receios diante de novas experiências, se está sozinho(a). Atividades culturais e novos conhecimentos que preencham seu dia a dia serão mais frequentes em 2011.

fonte: http://www.astrologo.blog.br/2010/12/2011-regencia-de-mercurio-brasil-mundo.html

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Filtro de Purificação - Pedro Guardião

Uma solução de água de rosas purificará todo e qualquer lugar em que for borrifado, limpando o ambiente das vibrações negativas. É bastante fácil de ser feito.
Você precisará de água pura de fonte e 10 gramas de pétalas de rosas brancas. Pode ser água mineral de garrafa.
Coloque as pétalas de rosa dentro de um vidro com a água, numa noite de Lua Crescente, e deixe-o durante uma semana em lugar bem fresco, podendo até ser na geladeira. Tome cuidado para que ninguém mexa na garrafa, beba a água ou qualquer coisa do tipo.

Passados sete dias, coe as pétalas e acrescente 12 gotas de vodka na água. Tampe o vidro, pois essa água terá longa duração. Seu alcance, entretanto, é limitado, não abrangendo vibrações muito pesadas. Se não tiver vodka, use álcool, mas a vodka é preferível.
A água de rosas é também um eficaz estimulante afrodisíaco, sendo muito indicado seu uso no próprio corpo, quando estiver pretendendo conquistar alguém. Porém, não espalhe sobre a pele em grandes quantidades, pois pode ressecá-la.
Use gotas como se fosse um perfume.

fonte: http://bruxaria.net/2009/05/02/filtro-de-purificacao/

domingo, 21 de novembro de 2010

O Pêndulo - Pedro Guardião

Os pêndulos apareceram inicialmente na Roma Antiga como um instrumento para determinar o resultado das guerras. É um instrumento radiestésico que tem como finalidade fazer com que certas vibrações universais sejam recebidas pelo inconsciente de quem o está manipulando.
Fisicamente, o pêndulo é um peso na ponta de um fio ou cabo flexível e resistente, podendo ser encontrado em diversos materias (madeira, cristal, pedra, metal etc). Também pode ter várias formas.
O uso do pêndulo é bastante simples, pois ele responde basicamente "sim" e "não". A complexidade de suas respostas depende apenas da pergunta feita pelo operador. Você pode comprar ou fazer o seu pêndulo. Pêndulos de diversas formas e materiais são encontrados aos montes em qualquer loja esotérica. Escolha o que mais lhe agradar; acredite na teoria de que os instrumentos é que escolhem a gente, e não o contrário. No entanto, você pode fazer o seu próprio pêndulo, o que vai agregar mais energia sua a ele do que a um comprado, mas isso é muito relativo. Muitas vezes achamos um que seja exatamente como queríamos em uma loja, e será especial de qualquer forma.

Métodos de limpeza do Pêndulo

Ao adquirir qualquer instrumento mágico, a primeira coisa a se fazer é limpá-lo não só fisicamente, como também energeticamente. Com o pêndulo não é diferente. Isso porque o pêndulo passou por diversas mãos até chegar em você, e entrou em contato com muitas energias diferentes. Limpando-o, você apagará essa confusão de energias e ele estará pronto para ser consagrado como seu.

Uma seqüência de limpeza para o seu Pêndulo

Água: Em primeiro lugar, limpe o seu pêndulo fisicamente, usando sabão líquido e água. Enxagüe-o em água corrente (pode ser a de qualquer torneira - nesses tempos tão civilizados, infelizmente para alguns é a única maneira), visualizando toda a sujeira (física e energética) indo, literalmente, por água abaixo.

Descanso: Coloque o seu pêndulo em um recipiente com água e sal, descansando durante um dia inteiro e uma noite inteira, tomando banho de sol e de lua. Você pode deixá-lo no seu quintal ou na janela do seu quarto. É importante ver de que material é o seu pêndulo antes de realizar esta etapa. Se ele for de metal, provavelmente enferrujará ao colocá-lo na água por tanto tempo; prefira deixar o recipiente vazio. Se for de madeira, é aconselhável enterrá-lo na terra, de preferência uma terra fértil, com plantas. Uma boa dica, simples e eficiente, é deixá-lo em um potinho com leite integral por 1 hora e depois deste tempo, passá-lo pela água corrente. Estará limpo e preparado.

Finalização: Após realizar essas etapas anteriores, lave novamente o pêndulo como na primeira vez, sabendo desta vez que ele já está limpo e pronto para ser consagrado e utilizado por você somente. Ao limpar seu pêndulo, é importante que você esteja concentrado no que está fazendo, senão não surtirá nenhum efeito.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

O Caminho do Mago - Pedro Guardião

1ª LiçãoExiste um mago dentro de todos nós. Esse mago tudo vê e tudo sabe. O mago está além dos opostos da luz e das trevas, do bem e do mal, do prazer e da dor. Tudo o que o mago vê tem suas raízes no mundo invisível. A natureza reflete o estado de alma do mago. O Corpo e a mente podem adormecer, mas o mago está sempre desperto. O Mago possui o segredo da imortalidade.

2ª LiçãoA volta da magia só pode acontecer com o retorno da inocência. A essência do mago é a transformação.

3ª LiçãoO Mago observa o mundo ir e vir, mas sua alma habita as esferas de luz. Seu corpo é apenas o lugar que suas memórias chamam de lar.

4ª LiçãoQuem sou eu? É a única pergunta que vale a pena ser feita e a única que jamais é respondida. É seu destino desempenhar uma série de papéis, mas esses papéis não é você.

5ª LiçãoOs magos não acreditam na morte. A luz da consciência, tudo está vivo. Não existem inícios ou fins. As moléculas se dissolvem e se extinguem, mas a consciência sobrevive à morte da matéria na qual ela viaja.

6ª LiçãoA consciência do mago existe em toda parte.

7ª LiçãoQuando a sua percepção for purificada, você começará a enxergar o mundo invisível – o mundo do mago. Purificar-se consiste em livrar-se das toxinas da sua vida: emoções tóxicas, pensamentos tóxicos e relacionamentos tóxicos.

8ª LiçãoO Poder do mago é o poder do amor, todos os outros poderes são destrutivos.

9ª LiçãoO Mago vive num estado de conhecimento. Esse conhecimento é sua própria realização.

10ª LiçãoTodos temos um eu-sombra que é parte de nossa realidade total, quando a sombra é curada se transforma em amor.

11ª LiçãoO Mago é mestre na transformação, em busca da perfeição.

12ª LiçãoA Sabedoria está viva, a incerteza que você sente interiormente é a porta de entrada para a sabedoria.

13ª LiçãoA realidade de sua experiência é uma imagem especular dos seus pensamentos e expectativas.

14ª LiçãoOs magos não lamentam as perdas, porque a única coisa que pode ser perdida é o irreal.

15ª LiçãoO amor é mais que uma emoção, é uma força da natureza e, portanto tem que conter a verdade. O amor mais puro está onde é menos esperado, no desapego.

16ª LiçãoExistem infinitas esferas de consciência, o mago sabe que existe simultaneamente em todas.

17ª LiçãoOs buscadores nunca se perdem, pois recebem continuamente orientações espirituais que as pessoas chamam de coincidências. Não existem coincidências para os magos, cada acontecimento revela um plano espiritual Divino.

18ª LiçãoA imortalidade da alma deve ser vivida hoje na mortalidade do corpo. O Mago tem consciência da batalha entre o ego e o espírito, mas sabe que ambos são imortais.

19ª LiçãoOs magos não condenam os desejos, sabe que são sementes para germinar. Ensinam que você deve acalentar os desejos do seu coração por mais triviais que sejam, pois o conduzirão a Deus.

20ª LiçãoO Maior bem que você pode fazer ao mundo é tornar-se um mago.

fonte: http://www.youtube.com/watch?v=jGV39fgOGGU

domingo, 31 de outubro de 2010

Hoje é Halloween! - Pedro Guardião

As origens de Halloween

A espiritualidade das bruxas desenvolveu-se ao longo de milhares de anos, ainda antes da chegada à Europa da religião cristã. As sacerdotisas celtas detinham os segredos das ervas e dos talismãs, viviam em harmonia com a natureza e conheciam o poder da divindade que habita em cada ser humano.
Durante o ano, as bruxas comemoravam um total de oito festas, os sabbats, cuja origem está ligada aos rituais celtas. O mais importante desses sabbats era o de Samhain, também conhecido como Halloween, que acontecia no dia 31 de outubro e marcava o início do ano novo pagão. Nessa ocasião, as bruxas se reuniam nas clareiras dos bosques e dançavam em volta de grandes fogueiras. Realizavam diversos feitiços e prestavam reverência a um deus representado por um homem vestido com pele de veado, o Deus Cernunnos.
Com o domínio da Igreja Católica, o paganismo passou a ser perseguido, as bruxas eram mortas, e a antiga religião passou a ser denegrida. Os católicos difundiram a ideia de que as bruxas adoravam o diabo e faziam o mal a outras pessoas. Daí a imagem da bruxa má e horrenda, que até hoje permanece no imaginário popular.

O Halloween hoje

Hoje, os oito sabbats continuam a ser comemorados pelas seguidoras e seguidores da Deusa Mãe. E mais: o Halloween, ou Dia das Bruxas, é uma festa popular, principalmente nos Estados Unidos, onde as crianças saem às ruas com fantasias de temática sobrenatural (duendes, gnomos, monstros, fantasmas) para pedir guloseimas e pregar sustos nos adultos.
Essa brincadeira tem um sentido mais profundo: ela visa, por meio da alegria, amenizar o lado sombrio das forças liberadas no dia 31 de outubro. É que, no Halloween, os portais que separam o mundo visível do invisível se tornam mais tênues. O contato entre os mortos e os vivos se estabelece mais facilmente e os oráculos fornecem respostas exatas.
A exemplo das suas antepassadas, as bruxas modernas realizam cerimônias especiais no dia de Halloween.

Um feitiço simples com ajuda das Dríades:

Dríades são os espíritos que vivem nas árvores. Cada árvore existente no mundo tem a sua dríade. Poderosos e compassivos, esses espíritos podem ser de grande auxílio em numerosas situações. Basta você saber invocá-los com confiança.

Para obter a ajuda que deseja, escreva em uma fita vermelha o seu desejo, amarre-a no galho de uma árvore e diga:

"Grande Deusa, permita a realização de meu desejo. Espírito desta árvore, ajude-me a concretizar esse pedido! Em nome da Deusa, esse encantamento está feito!"

Ao terminar, deixe alguma oferenda junto à árvore, em agradecimento à dríade. Pode ser um pedaço de bolo, uma moeda, um incenso ou algo que sua intuição lhe dirá.

fonte: http://magiadobem.blogspot.com/2010/10/especial-halloween-magias-e-feiticos.html

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Maat, a Deusa da Justiça - Pedro Guardião

O panorama atual do nosso país e do mundo nos incita refletirmos sobre o arquétipo simbolizado por Maat. Antiga deusa egípcia representando a união do deserto e da terra fértil, da individualidade e do Eu superior, Maat personifica o princípio da verdade e da justiça divina, a quem mesmo as divindades eram subordinadas.
A Sua natureza era justa e verdadeira, era o Seu sopro que conferia a essência divina e era Ela quem pesava as almas, aferindo seu peso com a pena de avestruz. Se a balança se inclinasse pelo peso das más ações cometidas, a alma era entregue ao monstro Ammut, que a devorava. Se os pratos da balança permaneciam equilibrados, o deus Osíris permitia a passagem da alma para o mundo dos espíritos puros.

Os critérios usados no julgamento das almas eram referentes aos comportamentos e às repercussões das ações cometidas na Terra, bem como à negligência no nível espiritual. Para os egípcios o egoísmo, a gula, a inveja, a cobiça, o roubo, a mentira, a traição ou o descaso espiritual eram infrações que turvavam a consciência e determinavam a trajetória da alma.
Se a transgressão fosse menor, desviando apenas levemente a balança de Maat, a alma precisava passar por retificações e purificações no mundo inferior, antes de voltar para uma nova encarnação. Nos casos graves, a alma era aniquilada, regredindo para o estado de caos.
O hieróglifo para a verdade era a própria pena de Maat e seu nome é a sílaba básica do nome “Mãe” nas línguas indo-européias. Além de ser a juíza das almas, Maat era reverenciada como Metet, a Barca Matutina do Sol, a Mãe benevolente da luz, cujas leis governavam o céu, a Terra e o mundo subterrâneo.

Às mulheres modernas Maat ensina que ao falar a verdade adquire-se a habilidade de materializar as intenções que vem do coração. O poder mágico da vontade é alicerçado na verdade, tornando-se assim invulnerável aos ventos das mudanças. Somente as mentiras são construídas sobre a areia movediça das emoções.
E para todos nós, homens e mulheres, seria útil e necessário meditarmos sobre a “Confissão Negativa” que todos os egípcios deveriam recitar ao chegar na presença de Maat:


“Não fiz mal a ninguém. Não provoquei a dor alheia. Não fiz ninguém chorar. Não agi de forma violenta, não agredi nem humanos, nem animais. Não roubei. Não poluí a água, nem devastei a terra. Não fiz julgamentos apressados, nem fui insolente. Não provoquei brigas, nem incentivei ninguém a matar. Não dei falso testemunho, nem explorei os outros. Não enganei, nem prejudiquei. Não criei riqueza por meios ilícitos, nem apossei-me dos bens alheios. Não deixei ninguém passar fome, nem tirei o leite das crianças.”.

Fonte:
http://www.teiadethea.org/?q=node/151

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Você precisa de um Escudo? - Pedro Guardião

Hoje, sinto a necessidade de postar para vocês e falar um pouco sobre proteção. Todos nós, em algum momento, ficamos vulneráveis a ataques, seja de feitiços, de obsessores, ovóides e energias negativas. Não é culpa nossa, mas o estresse do dia-a-dia, a correria e a dispersão de energia faz com que isso aconteça, ou até mesmo, por você ser reluzente demais, acaba incomodando algumas pessoas. Já postei aqui, uma matéria muito boa sobre isso. Vale a pena rever: (http://wiccaonline.blogspot.com/2010/02/protecao-das-energias-negativas-pedro.html).
Por isso, não vamos ficar repetindo o que já falamos. Mas, podemos aprimorar nossos conhecimentos e saber um pouquinho mais. Então vamos lá:

Como saber que uma pessoa é vítima de feitiços

Antes de você sair lançando feitiços por aí por desconfiar que foi enfeitiçado, tenha a certeza que isso aconteceu. Aqui, logo abaixo, podemos ver uma série de sintomas da causa, mas você pode claramente confirmar com um pêndulo e ele te dirá ou não o que pode ter ocorrido.
Sinais e sintomas de ataques por feitiços:

1. Alteração de Humor
2. Desânimo
3. Obstáculos e Azares
4. Comida que estraga
5. Ataques de pessoas próximas ou estranhas
6. Doenças em animais e crianças
7. Perdas Financeiras e Materiais
8. Acidentes
9. Insônia e Pesadelos
10. Sensações de Depressão, Desespero e Pânico sem motivo.

Magias para curar a CAUSA

Descoberto os ataques, você deverá colocar a mão na massa. Quanto mais tempo você ficar numa situação ruim, mais você estará se contaminando e também as pessoas ao seu redor. Por isso, aprenda a curar realmente a causa e não somente o sintoma de um ataque, no caso.

Para livrar sua casa das más energias
No primeiro dia da lua minguante, compre um balde novo e encha-o com água, coloque dentro dele um pano de limpeza branco e novo, adicione meio quilo de sal grosso e acenda um incenso de cânfora na sala de sua casa. Jogue pétalas de rosas brancas no balde e passe o pano molhado pelas paredes e portas de sua casa. Depois, coe a água e deixe as pétalas que restaram em um pote de vidro na entrada de sua casa.

Encantamento do Crisoprásio
O crisoprásio era usado pelas antigas curandeiras medievais para a cura de um antigo mal da alma: a intranqüilidade. Uma alma intranqüila é como uma janela aberta; por ela entram e saem os ventos do Bem e do Mal. Se você tem dificuldades em fechar sua janela, use o crisoprásio debaixo do seu travesseiro ou engaste-o em ouro ou prata e use-o como colar. Guarde-o numa caixinha de madeira com ramos secos de hortelã ou videira quando não estiver sento usado.

Defesa Íntima
Para proteger o quarto de más influencias ferva uma rosa vermelha junto com folhas de limoeiro e borrife pelos quatro cantos e na cama onde você dorme. Isso transforma o quarto num lugar seguro e defendido.

Amuleto Protetor
Guarde pregos, agulhas e outros objetos pontiagudos dentro de um pote fosco e lacre-o hermeticamente. Coloque-o em um lugar bem visível da sua casa, mas jamais revele seu conteúdo. Este é um dos mais potentes amuletos de defesa para nosso lar ou ambiente de trabalho.
Dois pedacinhos de canela colocados em forma de cruz na porta ou atrás da escrivaninha formam um bom amuleto protetor para seu local de trabalho. A canela é consagrada ao Sol e esta afasta as trevas. Uma boa maneira de afugentar as energias negativas de sua casa é colocando na porta de entrada o desenho de uma espiral. A espiral é um símbolo da Deusa e funciona como uma armadilha que aprisiona todas as forças negativas.

Água de Ferro
Esta é uma antiga receita para defesa e proteção de ambientes e pessoas.
Você vai precisar de:

- Pregos de ferro.
- Água.
- 1 Garrafa escura.

Num sábado, coloque um punhado de pregos na garrafa. Junte a água. Deixe em lugar escuro por uma semana. Após este tempo você perceberá que a água mudou de aspecto, assumindo uma coloração enferrujada. Ela então estará pronta para ser usada.
Use na proporção de 60ml desta água para um balde de água. Esta mistura poderá ser usada de várias maneiras. Você poderá usá-la para banhos para afastar energias negativas, limpeza de sua casa, objetos de trabalho, carro, etc. Para isso passe um pano molhado nesta água em todo o piso, portais, janelas da casa, etc. Sempre que você usar a água da garrafa, complete-a com água pura. Desta forma esta água de ferro durará indefinidamente.

sábado, 18 de setembro de 2010

Chegando a Primavera - Pedro Guardião

Em épocas de Primavera, logo lembramos de flores, cores, alegria e renascimento. Por isso, vamos conferir como fazer seus ovos coloridos de Ostara e como consagrá-los de uma forma simples:

Os ovos coloridos são os maiores símbolos desse Sabbat. Os povos primitivos acreditavam que o mundo teria surgido a partir de um grande Ovo Cósmico botado pela Deusa Pássaro e fertilizado pelo Deus Sol. Então percebemos que os ovos são o símbolo máximo da criação e da fertilização.
Pagãos de todo o mundo pintam ovos no Equinócio da Primavera e seus altares são decorados com esses poderosos símbolos de fertilidade, proteção e boa sorte. Faça também o seu Ovo de Ostara e projete nele todos os sonhos e desejos que quer ver realizados.

Para fazer os Ovos de Ostara você vai precisar de:

Ovos.
Tintas de várias cores, dando destaque às cores amarela, verde e branca (cores sagradas de Ostara).
Pincéis de várias espessuras.
Uma cesta de vime.

Cozinhe os ovos e espere que esfriem. Pinte-os usando toda a sua criatividade. Coloque neles símbolos como o Sol, a Lua, as Estrelas, as Runas, entre outros símbolos. Se desejar, você poderá pintar símbolos que representem os seus desejos como, por exemplo, um carro, uma casa, etc.
Coloque-os na cesta de vime e então consagre os Ovos, traçando um Pentagrama Invocante sobre eles, dizendo:

"Em nome da Deusa da Primavera e do Deus Sol, pelos poderes dos quatro elementos, Terra, Ar, Fogo e Água, eu consagro estes Ovos de Ostara".

Coloque-os sobre o seu altar e deixe-os lá durante todo o seu rito de Sabbat. Presenteie os amigos, parentes e pessoas queridas com um ovo, orientando-os a colocá-lo nos pés de uma planta ou árvore.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Todos temos um Sonho – Pedro Guardião

Todos nós temos um sonho, não é mesmo? Tudo na vida é motivado por alguma coisa, seja por um sonho, por um desejo, vontade de chegar aonde se quer chegar. Uma coisa que você deve pensar é em nunca desistir, seja por um tropeço, por alguém que não te apóie, por uma mera falha ou erro.
A verdade é que devemos a maior parte do tempo, fazer boas escolhas para que igualmente o resultado seja bom. É certo que, todos nós cometemos enganos, equívocos, erros. Faz parte do aprendizado aqui neste plano. Portanto, o mundo não vai acabar se você cometer falhas de vez em quando (mas só de vez em quando). Já ouviu aquela frase: “Se você tem um sonho, corra atrás dele.”? Pois é, você é a única pessoa que pode trabalhar para que seu desejo mais profundo se realize.

Claro, todo mago ou bruxa conhece métodos para agilizar este processo de realização, mas quem realmente o torna real, é você mesmo (a). Não adianta também ficar esperando cair do céu a chave para aquele carro Zero KM ou que ele apareça na sua garagem depois de uma bela noite de sono. Seja qual for seu sonho, você tem que ir atrás mesmo, trabalhar, insistir e persistir para que ele aconteça. Este é o grande barato! Sei que seria uma maravilha, pensar e acontecer. Mas será que a vida teria muito sentido se tudo fosse tão fácil? Acho que não.
Concluindo, JAMAIS deixe de sonhar e de trabalhar para que ele aconteça, pois é imensamente gratificante, quando nos vemos realizados por nosso próprio mérito. E já que somos bruxos, porque não conhecer um pouco mais dessas técnicas que podem nos ajudar tanto? Então vamos lá...

Chakras e Vórtices

Para que você esteja bem com seu corpo e mente, seus chakras fazem um papel fundamental. Eles te mostram sinais quando estão desalinhados ou bloqueados. Todo vórtice tem que estar girando e irradiando energia por todo corpo e quando isso não acontece, podemos ver sinais como alguma doença, fraqueza ou melancolia se manifestando. Se você sentir-se assim, é hora de harmonizá-los. Como? Com vários métodos. O mais eficiente deles é com cristais, cada um correspondente (veja em Elementais da Natureza), alinhados em cima dos vórtices do seu corpo. Se preferir, faça com amigos e use a varinha para destravá-los e alinhá-los perfeitamente.

Lei da Atração

Uma técnica muito eficaz para você estar sempre trabalhando (mesmo que longe de casa) para que seu desejo se concretize é utilizar figuras e imagens que te lembrem aquilo que quer. Por exemplo: Se você sonha em ir para Disney, coloque fotos de lá, pelo seu quarto, na tela do seu computador, no celular, no corredor, no serviço; firmando no pensamento que é lá que você gostaria de estar. Funciona como “O Segredo”, pois aquela energia e aquele foco estão o tempo todo à sua volta e na sua mente!

Irradiadores

Use pantáculos, selos, cristais, pós e ervas para firmar magicamente o que você deseja. Escreva num papel branco o seu desejo muito bem detalhado. Reserve um cantinho para que ele fique seguro e ninguém mexa. Pode ser no altar, dentro do caldeirão, por exemplo. Desenhe selos rúnicos, salpique algum pó já consagrado para esta finalidade em cima do papelzinho, coloque cristais bem bonitos de acordo com a intenção daquele desejo ou até mesmo faça um patuá de ervas e coloque-o dentro. Isso ajuda a Divindade ter acesso mais fácil àquele desejo e a energia do elemento que você utilizou (por exemplo do cristal) é impregnado nele.

.·. Pedro Guardião

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

A Deusa Ishtar, Rainha do Céu - Pedro Guardião

Amplamente cultuada na antiguidade, conhecida sob vários nomes e títulos em diferentes países, Ishtar era uma deusa lunar, uma das manifestações de Magna Dea, a Grande Mãe do Oriente e uma versão mais tardia e complexa da deusa suméria Inanna. Foi venerada como Astarte em Canaã, Star na Mesopotâmia, Astar e Star na Arábia, Estar na Abissínia, Stargatis na Síria, Astarte na Grécia. No Egito sua equivalente era Ísis, cujo culto espalhou-se até a Grécia e Roma, florescendo até os primeiros séculos da era cristã.

Ishtar personificava a força criadora e destruidora da vida, representada pelas fases da Lua, crescente e a cheia que favorecem o desenvolvimento e a expansão, a minguante e a negra que enfraquecem e finalizam os ciclos anteriores. Como Deusa da fertilidade ela dava o poder de reprodução e crescimento aos campos, aos animais e aos seres humanos. Foi nesta qualidade que se tornou a Deusa do Amor, que teria descido do planeta Vênus, acompanhada de seu séqüito de sacerdotisas Ishtaritu que ensinaram aos homens a sublime arte do êxtase: sensorial e espiritual. Como rainha do céu era a regente das estrelas, pois ela mesma tinha vindo de uma estrela que brilhava no amanhecer e no entardecer e era o ponto central de seu culto. As constelações zodiacais eram conhecidas pelos antigos como o “cinturão de Ishtar” e era ela quem percorria o céu todas as noites em uma carruagem puxada por leões, controlando o movimento dos astros e as mudanças do tempo. Muitos eram os títulos que lhe foram atribuídos – “Mãe dos Deuses, A Brilhante, Criadora da Vida, Condutora da Humanidade, Guardiã das Leis e da Ordem, Luz do Céu, Senhora da Luta e da Vitória, Produtora de Sementes, Senhora das Montanhas, Rainha da Terra”.
As suas representações a mostram como a mãe que segura os seios fartos, a virgem guerreira, a insinuante sedutora, a sábia conselheira, a juíza imparcial. Mas Ishtar tinha também um aspecto escuro, que surgia quando ela descia ao mundo subterrâneo e uma época de terrível depressão e desespero caia sobre a terra. Na sua ausência, nada podia ser concebido, nenhum ser podia procriar, a Natureza inteira mergulhava na inércia e inação, chorando por sua volta. Era então chamada de “Mãe Terrível, Deusa da Tempestade e da Guerra, Destruidora da vida, Senhora dos Terrores Noturnos e dos Medos”. Porém, era nessa manifestação que ela podia ensinar os mistérios, revelar as coisas ocultas, propiciar presságios e sonhos, permitir o uso da magia, o alcance da sabedoria e a compreensão dos ciclos da vida e da natureza.

Em suas formas variadas e mutantes Ishtar desempenha as múltiplas possibilidades da essência feminina, sendo a personificação do princípio feminino – seja o da natureza Yin, seja o da anima. Nas celebrações de lua cheia dedicada ao seu culto (chamadas Shapattu) as mulheres da Babilônia, Suméria, Anatólia, Mesopotâmia e Levante levavam oferendas de velas, flores, perfumes, mel e vinho para seus templos, cantavam-lhe hinos, dançavam em sua homenagem e invocavam suas bênçãos para suas vidas, suas famílias e sua comunidade.
Fonte: http://www.teiadethea.org

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Oráculo dos Dominós - Pedro Guardião

As pedras do dominó respondem ‘sim’ ou ‘não’ a todas as perguntas. Um dos jogos mais populares em todo o mundo, o dominó na verdade nasceu como um oráculo.
As peças mais antigas que se conhece eram feitas em osso e foram encontradas na China.
Tem sua origem calculada aproximadamente no ano 2000 antes de Cristo. Para consultar o Dominó, você precisa de um jogo completo, com 28 peças, e um saco de pano, com abertura suficiente para colocar a mão dentro e não ver o conteúdo. Existem vários tipos de dominó à venda, sendo os de materiais resistente a água e umidade os que mais servem, devido à consagrações anuais, onde irão ser energizados em terra e purificados pela água.


Consagração

Compre seu dominó, composto por 28 pedras. Dê preferência aos de cor clara.
Em seguida, na primeira noite de uma lua nova, enterre os dominós, num vaso de plantas ou/e flores, tomando o cuidado para que as pedras FIQUEM com o número para CIMA.
Após enterrar, regue com água. Peça para a Mãe-Terra, purificá-lo e protegê-lo de energias nefastas.
Acenda um incenso, de um aroma gostoso, fincando-o na terra do vaso.
Acenda 7 velas, em volta do vaso, das cores: branca, azul claro, vermelha, lilás, rosa, verde e amarela.
Deixe assim, por 24 horas.
Após o período, desenterre-os, dê um jato de água da torneira, visualizando uma luz dourada imantando os dominós. Deixe secar no sol.
Pronto! Seu dominó está limpo e encantado. Guarde num saquinho de pano dourado, vermelho ou verde.


Como Jogar

Antes de iniciar a consulta, formule uma pergunta concreta e objetiva, que ser respondida por ‘sim’ ou ‘não’. Evite, portanto, as perguntas ambíguas ou que exijam algum tipo de explicação para serem respondida. Siga então estas instruções.
Escolha um momento e um local, em que você (e seu consulente, se for o caso) possa estar concentrado, tranqüilo e focalizado no que for fazer.
Sorteie 3 pedras, uma de cada vez, retirando-as do saco com qualquer uma das mãos. Se alguma coisa atrapalhar sua concentração, recomece.
Coloque as três pedras sobre a mesa, com os números para baixo.
Depois de sortear as pedras, vire os números.
A resposta do Oráculo é uma combinação dessas três pedras. Combinando as três pedras, você poderá ter quatro tipos de respostas:


* SIM (quando três pedras representam ‘sim’);
* PROVAVELMENTE SIM (quando duas pedras representarem ‘sim’ e uma ‘não’);
* PROVAVELMENTE NÃO (quando duas pedras representarem ‘não’ e uma ‘sim’);
* NÃO (quando as três pedras representarem ‘não’).


Quando você tiver algum assunto complexo para perguntar, desdobre o assunto em várias perguntas que permitam a resposta SIM ou NÃO, e faça sua consulta de acordo com as respostas que aparecerem.

Significado das Pedras

0............................... sim............ 2 e 3.......................... não
1............................... não............ 2 e 4.......................... sim
2............................... sim............ 2 e 5.......................... não
3............................... não............ 2 e 6.......................... sim
4............................... sim............ 3 e 3.......................... sim
5............................... não............ 3 e 4.......................... não
6............................... sim............ 3 e 5.......................... sim
1 e 1.......................... sim............ 3 e 6......................... não
1 e 2.......................... não............ 4 e 4......................... sim
1 e 3.......................... sim............ 4 e 5......................... não
1 e 4.......................... não............ 4 e 6......................... não
1 e 5.......................... sim............ 5 e 5......................... não
1 e 6.......................... não............ 5 e 6......................... sim
2 e 2.......................... sim............ 6 e 6......................... não

Colaboração Michel Shahin

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

A Deusa Holda - Pedro Guardião

Na mitologia germânica ou nórdica, Holda era a senhora das bruxas. Tinha algumas semelhanças com a Deusa Ártemis da mitologia grega.
Também conhecida como, Holde, Holle, Hulda, Bertha, Bertcha; Deusa Branca é o nome germânico para Hel. "Mãe de Terra Negra", "Deusa do inverno e da bruxaria", são os aspectos de Anciã da Lua.
Entre as tribos nórdicas, dizia-se que ela cavalgava com Odim nas caçadas selvagens. Ainda no séc. X, dizia-se que as mulheres cavalgavam ao seu comando em galopes selvagens pela noite.

O azevilho ou azevinho era sua planta sagrada. Seus seguidores normalmente confeccionavam seus bastões de magia com esta madeira.
Trabalhava sobre as artes, proteção, karma e vingança. Ela é associada a lagos e regatos. Quando nevava, os antigos germânicos diziam que Holda estava virando sua cama de penas. Ela também é uma deusa maternal do lar e principalmente do cultivo de linho.
Normalmente ela trabalha em conjunto com seus animais, especialmente os lobos. Se sentir que esta sofrendo algum tipo de ataque psíquico, sendo bombardeado por pensamentos negativos ou em perigo físico chame por ela e por seus lobos, eles irão lhe ajudar.
No dia de Holda, 10/07, pegue um anel de prata e enterre-o na base de uma vela verde. Acenda a vela e invoque a presença de Holda. Quando a vela acabar, retire o anel e use-o sempre. É um anel mágico que traz a força e a coragem de Holda para combater seus inimigos e transpor seus obstáculos do dia-a-dia.


Banho de Recarga de Holda
Você vai precisar de:

Erva doce
Cravo
Cana do Brejo
Chapéu de Couro
Louro
Quebra-pedra
Mil flores
Hibisco
Alfazema
Três pitadas de açúcar
Uma pitada de sal

Se não tiver todos os ingredientes, use apenas alguns, escolhendo sempre um número ímpar (três, cinco, sete, etc.). Ferva tudo numa panela com água e encante com uma canção para Holda:

Senhora das Bruxas
Holdá, Holdá
Mãe da Magia,
Holdá, Holdá
Nós de saudamos
Holdá, Holdá
Em alegria.

Senhora das Bruxas
Holdá, Holdá
Mãe da Magia,
Holdá, Holdá
Nós te pedimos
Holdá, Holdá
Paz e harmonia.


Acenda uma vela branca para seu protetor pessoal, pedindo que o ajude a se livrar da carga desnecessária e tornar seu caminho mais leve. Coe e tome esse banho do pescoço pra baixo. Você vai ver que diferença! Ele tira os empecilhos do caminho e energiza tudo que toca.

Receita por Eddie Van Feu

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Cristais na Magia - Pedro Guardião

Os cristais, desde as culturas antigas do mundo, eram usados para curar e equilibrar o ser humano. Na cultura antiga da Índia, Grécia e Egito, os cristais eram usados para energizar remédios e auxiliar na medicina, trazendo a cura para muitas pessoas. Os cristais são poderosas ferramentas que trazem o equilíbrio natural para as partes: físicas, psicológicas e espirituais. Eles representam o poder da natureza superior.

A energia que sai dos cristais, é uma composição dos elementos da natureza e dos raios vibracionais. Transmitem uma espécie de raio que é absorvido pelo corpo fisico. Esses raios absorvidos pelo corpo, desbloqueiam e alinham os chakras, que são os sete centros de energia que todos nós possuímos.

Cada cristal tem uma função específica, de acordo com seu tamanho e coloração. Os cristais grandes, como por exemplo a Drusa, por ser um quartzo de várias pontas, é excelente para as limpezas dos ambientes.
Os cristais mais comuns, são os cristais de quartzo (transparente), por sua maneira fácil de usar e alinhar os chakras. Os cristais coloridos são usados em cima de cada um dos chakras, a fim de atingir problemas específicos, como por exemplo uma dor de cabeça.

A Limpeza dos Cristais:

Depois de comprá-los ou de achá-los pela natureza, você deve purificá-los. É aconselhável que para suas praticas, eles estejam sempre limpos e bonitos, pois ajudam no processo da intenção e irradiação da energia.
A limpeza dos cristais é básica. Aprendi com uma bruxa, que cristais podem ser limpos, colocando-os em um potinho de vidro com leite submerso, durante uma noite. Depois do amanhecer, retire-os, jogue o leite em água corrente e lave-os dando um jato d’água embaixo da torneira. Se preferir, ao invés do leite, use água com sal grosso.

A Programação:

Os cristais podem ser programados para determinados fins. Para iniciar uma programação em um cristal, é preciso estar em um ambiente calmo e inspirar bastante amor para dentro do cristal. Os cristais são sensíveis à mente, por isso, tenha cautela e paciência ao iniciar uma programação. Caso durante a programação surgir alguma interrupção, recomesse todo o processo novamente.
Escolha um cristal de acordo com sua função, então segure-o na mão direita e pense mentalmente qual irá ser a sua função, ex: "Este cristal vai curar...", e permaneça com o cristal na mão por mais 10 minutos.

Os diversos tipos de Cristais:

Ágata: Esta pedra fortalece o coração, da coragem e é um antídoto contra venenos: Diz-se que a ágata abaixa as febres e tem até mesmo a propriedade das águas refrescantes. Aguça a visão, ilumina a mente, concede eloqüência, auxilia na descoberta de tesouros e atrai heranças.

Água-Marinha: É a pedra dos videntes e dos místicos de alma pura que sentem tudo, da clareza de visão mental e da onisciência. É boa para os olhos. Recomenda-se seu uso perto do coração para assim influenciar o plexo solar. Quem a possui torna-se jovem e corajoso, com um coração verdadeiro e quente, ama família e amigos participa de um casamento feliz. Auxiliam contra dores nervosas, perturbações glandulares, problemas com os pescoços, o queixo e a garganta, contra dores de dente, tosse e estômago. Protege os marinheiros.

Âmbar: É a seiva fóssil de um pinheiro que existiu há milhões de anos. Capturados dentro desta resina encontram-se com freqüência pequenos insetos, flores e sementes de oriente pré-histórico. O âmbar detém o poder de afastar doenças do corpo. É benéfico colocar a pedra numa parte do corpo com desequilíbrio ou com dor. Ela absorverá a energia negativa e ajudará o corpo a receber-se. Também é indicado para pessoas com tendência suicidas ou autodestrutivas.

Pedra da Lua: Absorve energia da lua, acalma a mente e está relacionada com as emoções humanas. Utilizada contra stress e depressões. Serve para nos proteger contra tendências autodestrutivas. Ajuda aos homens a atrair o elemento feminino, assim como outorga um imenso poder de sedução.

Pirita: Útil no tratamento de problema respiratório, aplicada na garganta. Ajuda na bronquite e alergias. Pela sua semelhança ao ouro, é considerada a pedra que atrai dinheiro e riqueza, assim como facilita realizar bons negócios.

Quartzo Azul: Auxilia o desenvolvimento da paciência, tolerância e compaixão. É calmante, antiinflamatório e regula os hormônios. Útil contra o desconforto no período menstrual. Favorece as relações e a expressão, estimulando o comportamento casual e espontâneo.

Quartzo Rosa: O rosa é suave e calmante desta pedra, serve para curar mágoas acumuladas pelo coração. Ela dissolve a carga acumulada que reprimem a capacidade de dar e receber amor. Emana uma energia que substitui as tristezas, temores e ressentimentos, e revolve os problemas emocionais.

Quartzo Verde: Fortalece a saúde em geral, tonifica e estimula a circulação sangüínea e restabelece a energia do corpo. Da sorte no amor e no jogo.

Sodalita: Fortalece a comunicação e expressão criativa. Ajuda a ser mais objetiva e menos críticos sobre os modos de lidar com a existência. Ensina a examinar as metas depois que elas forem atingidas. Estimula a coragem e a persistência.

Topázio: Promove a paixão e alivia o medo. Dá força e inteligência. Magnetiza nosso ser. Estimula a clareza mental. Seu brilho diáfano nos favorece alegria de viver e de enfrentar a vida com otimismo fé no futuro. Carregá-la no bolso e tocá-la em período de dúvida e incerteza pára ajudar na tomada de decisões corretas.

Turmalina Azul: Estimula o bom funcionamento do pulmão; laringe e garganta. Ajuda na insônia e permite ter um sono tranqüilo e reparador.

Turmalina Negra: Repele a energia negativa. Desfaz medo e condições negativas. Aumenta a sensibilidade, inspiração e compaixão, compreendendo-as melhor. Grande poder de cura, forças elétricas bem fortes. Nivela os relacionamentos. Ampliador dos pensamentos.

Fonte: Adaptado do site: http://www.mistico.com/p/cristais/

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Elementais da Terra - Pedro Guardião


Esses seres, muito ligados à bosques e florestas, se encontram em locais de bastante área verde, com bastante árvores e flores. Mas eles podem habitar também, seu jardim.
Os Gnomos, são sábios seres, e sua representação é um anão de meia idade, sempre com calças largas e seu famoso gorro. Eles geralmente vivem em comunidades, e fabricam seus próprios instrumentos retirados da natureza. São os Guardiões das ervas e cristais e suas invocações, são de muito ajuda para prosperidade em geral.

Para atrair estes seres, procure ocasiões familiares, gargalhadas, maçãs, bolos e leite, deixados em seu jardim ou em algum cantinho preparado a eles.
Seu Deva regente é Chobb ou Gob, guardião da fortaleza, e seu poder é muito usado para prosperidade, cura e fartura.
Crianças em geral têm muita facilidade em se deparar com duendes e gnomos, já que elas são mais sensíveis, para o reino invisível.

Existem também as Dríades, que são os espíritos naturais que habitam as árvores e plantas de grande porte. Elas estabelecem a fortaleza do vegetal, e suas formas podem aparecer sobre elas. Não é à toa, que existem antigas árvores, com aparências curiosas, que formam algum aspecto humano, como algum rosto ou então, galhos que pareçam dançar.
Dizem que as Dríades eram as conselheiras das bruxas medievais, que desejavam saber o futuro ou algo prestes a acontecer.

Ligados a esse elemento, os cristais são poderosos aliados em magias. Representam o elemento Terra, em um ritual, e cada pedra, possui sua finalidade. Elas potencializam magias, rituais; servem para confeccionar amuletos e muito mais. Confiram à seguir, a próxima postagem sobre os Cristais na sessão Elementais da Natureza.

terça-feira, 6 de julho de 2010

A Magia do Ar - Pedro Guardião

Muito ligados a aromas e flores, esses elementais são do reino dos Ventos, dominado pelo elemento Ar.
Os Silfos têm o poder de espalhar alegria e simpatia para pessoas aventureiras, que gostam de esportes e adrenalina. Para agradar este elemental, é simples. Você não deve ter medo de altura, basicamente. Acender incensos de diversos aromas, como os florais e doces, são os preferidos deles. Muito ligado às Fadas, também pertencente ao mundo invisível do ar, proporcionam bons sonhos, amor e amizades joviais.
Costuma-se deixar Flores no altar, para atrair a simpatia delas, também lhes oferecendo doces, como bala e leite adoçado com mel.

E também possuem Silfos e Fadas nem tão legais assim. Quando esses seres não tem simpatia por alguém ou alguma pessoa faz algo de errado para chamar atenção (negativa) deste elemental, eles podem ser claramente furiosos.
Costumam criar temporais, grandes rajadas de ventos em um local, colocando tudo de cabeça para baixo e desordem. Se assemelha a uma ventania da natureza, mas é causado por elas.
Seu Deva regente é Paralda, guardião das forças da natureza e da Virtude. O Senhor dos Ventos.
Em rituais com este elemental, é muito usado músicas com instrumentos de sopro, como flautas. As fadas também são as guardiãs das flores, desde quando estão nascendo. Por isso, JAMAIS use flores em caldeirões acesos, assim como coisas consagrados às Fadas, isto faz com que crie um grande conflito de energia, pois fadas e salamandras não se bicam.
Procure cuidar com carinho de suas flores e plantas, pois elas agradecem. Procure deixar algumas migalhas de bolo nesses vasinhos, como agrado a elas, mas cuidado com formigas!

Características dos espíritos do Ar:


Cor: Amarelo.
Tipo de energia: Protetora.
Metais: Estanho, Cobre.
Estação: Primavera.
Direção: Leste.
Tempo: Alvorecer.

E falando sobre este gracioso elemental, o meu amigo Michael, me passou uma receita de um pó mágico canalizado pelo próprio, com a egrégora das Fadas. Este pó confere boa sorte, simpatia, amizade e bom humor! Ele também muda a sorte para melhor e dá simpatia e bom humor a quem o usa. Alivia tensões, afasta a depressão e proporciona criatividade. Atrai amigos e acalma o coração aflito.
Então vamos lá:

Você vai precisar de:

Um prato branco.
Uma xícara (chá) de farinha.
Uma xícara (chá) de açúcar do confeiteiro.
Refresco em pó de frutas vermelhas (suco).
Uma Colher (sopa) de nesquiki de morango.
7 gotas de essência de baunilha.
9 Cristais coloridos, menos preto.
3 Velas Arco-Iris.
8 Varetas de Incenso de Morango com Champanhe.
Maçãs, balas, doces, leite, geléias, guaraná...

Coloque a farinha, o açúcar, o pó do refresco, o nesquiki e a essência no prato e misture. Enfeite com os cristais, formando um círculo. Faça um triângulo com as velas em volta do prato, e um circulo com os incensos.
Chame as fadas nove vezes:

“Fadas belas, amigas adoradas
Venham a mim com a permissão de Paralda
Com a proteção do Arcanjo Rafael
Tornem meu ser doce como mel”.


Espere as velas e incensos queimarem até o fim.
Guarde o pó num saquinho colorido e os doces divida entre amigos, mas não se esqueça de fazer uma bandeja caprichada para as fadas e deixe num jardim bem florido!

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Para Proteger seu Carro - Pedro Guardião

Sempre que trocamos de carro, temos aquela sensação de que algo pode acontecer para danificar esta nova aquisição.
Muitas pessoas sempre colocam um santinho no porta-luvas do carro ou mesmo um patuá como superstição.
Existem vários tipos de proteção para seu carro, mas a mental é uma das proteções mais fortes.
Antigamente existia um festival romano, onde os pescadores agradeciam proteção aos espíritos das embarcações, pois acreditava-se que cada barco possuía um espírito. Faça o mesmo hoje com seu carro, ou seu veículo:

Com uma pedra em uma das mãos, gire três vezes em torno do carro com um incenso aceso, liberando-o de todas as energias negativas. Peça ajuda aos espíritos guardiões para que todos nele sempre viajem proporcionando segurança.
Guarde a pedra dentro de um saquinho de tecido azul índigo para que não faça barulho, e deixe dentro de seu porta-luvas.
E, sempre que sentir perigo por perto, segure a pedra e peça a presença destes espíritos guardiões em seu carro.
Ou quando estacionar, desça e peça a proteção enquanto você não vem.
Esta magia vale para todo tipo de transporte seu, como bicicleta, carro, moto e etc.

domingo, 27 de junho de 2010

Deusa Danu, a Mãe celta - Pedro Guardião

“No início havia o Vazio, a vastidão do Nada,
a supremacia da criatividade não-diferenciada
Do vazio nasceu o Caos,
Da união entre o vazio e o caos originou-se Ana,
a Grande Sonhadora, Criadora e Tecelã dos mundos,
em cujo ventre fértil resplandeciam estrelas e planetas.
Da união entre Sonho e o nosso Sol foram criados
a Mãe Terra, o Pai Céu e o oceano, os ancestrais primevos.
Do encontro entre o céu e a Terra surgiram os Seres Brilhantes,
os Dakinis e os Dakas que trouxeram a luz ao mundo.
E do ventre de Ana, tocado pela luz das Plêiades,
nasceram os Tuatha de Danann,
o povo da deusa Danu.

- Kathy Jones, “The Well of Ana”.

Também conhecida como Dana, é a maior Deusa Mãe da mitologia celta. Seu nome "Dan", significa conhecimento, tendo sido preservada na mitologia galesa como a Deusa Don, enquanto que outras fontes equipararam-na à Deusa Anu. Na Ibéria, a divindade suprema do panteão celta é considerada a senhora da luz e do fogo. Era ela que garantia a proteção e a justiça. Dana ou Danu também é conhecida por outros nomes: Almha, Becuma, Birog, ou Buan-ann, de acordo com o lugar de seu culto.
Os descendentes da Dana e seu consorte Bilé (Beli) eram conhecidos como os "Tuatha Dé Dannan" (povo descendente da Deusa Dana, reverenciados pelos Celtas), uma variação nórdica de Diana, que era adorada em bosques de carvalhos sagrados. O nome "Dana"é derivado da Palavra Céltica Dannuia ou Dannia.

A ligação dos Celtas para com sua Deusa Dana era muito intensa, basta verificar o nome dado ao rio onde a civilização Celta se desenvolveu: Danúbio. A ligação Celta com o vale do rio Danúbio também é expressa em seu nome original. "Os filhos de Danu", ou "Os filhos de Don".
Dana era considerada a Mãe dos Deuses, depois de ter lhes dado seu nome.
Há várias interpretações do seu nome, sendo que uma delas é "Terra Molhada" e o mais poética, "Água do Céu".
Ela é uma das Dea Matronae da Irlanda e a Deusa da fertilidade. Seu símbolo mágico é um bastão.
Em outras fontes, Danu é a Deusa da terra, da vida e da morte. É descrita como tendo três "faces" ou aspectos: Morrígan (Gralha da Guerra), Blodeuwedd (Dama das Flores, simbolizando a vida) e Brighid (A Mãe, simbolo da fertilidade).

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Feitiço das Folhas Vermelhas - Pedro Guardião

Olá, galera! Sei que estou um pouco sumido, mas chegando novamente para atualizar. Um ótimo feriado a todos!

Este feitiço é usado para proteger a mente contra as coisas, tais como pesadelos, pensamentos negativos e “invasões do mal”.
Primeiro você deve reunir três folhas vermelhas a partir de qualquer árvore, planta ou arbusto.
Numa noite de Lua Nova, realize o ritual ao ar livre. Coloque-as em formato de um triângulo sobre uma superfície plana.
No centro das folhas, coloque uma vela branca pequena já acesa, e coloque algumas gotas de óleo de crisântemo em cada folha. Ou o óleo de flor que tiver.
Dizer este encantamento três vezes:

“Folhas vermelhas, dádiva da terra,
Nascimento à morte e morte ao nascimento,
Manter todos os males bem longe,
Noite para o dia e noite para o dia”
.


Em seguida, apague a vela e envolva as folhas em um pano branco ou malote.
Coloque este pano perto de sua cama e no máximo à três metros de sua cabeça e ele irá parar todos os pesadelos e pensamentos negativos.
Guarde a vela para uma emergência deste tipo, e acenda em caso de um pensamento fixado em sua mente e que queira se livrar rápido.

terça-feira, 25 de maio de 2010

Dragões em Magia - Pedro Guardião

Para deixar melhor esclarecido, a tradição ou a prática de magia com Dragões, não tem raízes wiccanas e nem pertence às suas práticas. Mas como este blog é um local para conhecimentos amplos, estarei publicando sobre este tema tão interessante e rico!
Esta é uma egrégra muito poderosa, que somente é praticada e estudada por pessoas que têm este tipo de conhecimento e que são aceitas por eles.
No Brasil, este tipo de sabedoria é rara! Não há livros brasileiros que tratam do assunto, a não ser sobre mitologias ou lendas. Encontramos livros importados, porém de difícil acesso, pelo preço e pela língua escrita. Nenhum foi traduzido ainda!
Temos a felicidade desta egrégora estar voltando aos poucos e chegando pelos lugares certos e pessoas certas.
Então vamos conhecer um pouco mais sobre ela:

Dragões são seres que habitam um dos muitos planos astrais com os quais temos contato e que tocam nosso mundo de alguma maneira. Se os Dragões alguma vez tiveram existência física
neste plano é algo que não se pode afirmar, mas a universidade das lendas e mitos sobre esses seres nos leva a deduzir que eles fazem visitas freqüentes ao nosso plano desde a aurora da humanidade.
Existe uma lenda segundo qual, quando os Dragões encontraram o ser humano pela primeira vez, ainda nos primórdios da espécie humana, em sua sabedoria, eles decidiram cuidar da criança que nascia, essa nova espécie, a fim de ajudá-la a se desenvolver. Mas os seres humanos se mostraram tão cruéis uns com os outros que os Dragões começaram a achar que não valia a pena cuidar da humanidade e por isso foram se retirando mais e mais para seu próprio plano, até não serem mais avistados neste mundo.

No entanto, a mudança de comportamento de alguns humanos, que possibilitaram a volta da Deusa e os fortalecimentos dos movimentos ecológicos, fez com que alguns Dragões se disputassem a se aproximar da humanidade novamente, desde que a iniciativa partisse de nós.
Como habitam um plano que consideramos astral, os Dragões podem assumir qualquer forma e tamanho que desejam, mas costumam assumir a forma humana para se comunicar melhor com o homem.
Desde a aurora dos tempos, os Dragões são atraídos pela magia, pois é por meio dela que essas criaturas criam vida nesta dimensão. É por isso que os praticantes de Magia podem entrar em contato com os Dragões.
Os Dragões são seres sábios e poderosos, que possuem um código de ética extremamente rígido e elevam muito a sério os compromissos que assumem ou que são assumidos com eles. Costumam reagir com extrema violência quando sentem que foram usados ou traídos de alguma maneira. A prática da Magia dos Dragões, portanto, exige disciplina, comportamento ético em todas as áreas da vida, respeito pelo livre-arbítrio de outros seres e respeito e reverência pela vida e pelos compromissos assumidos.

O que é necessário para se praticar a Magia dos Dragões?

Antes de qualquer outra coisa, é preciso saber por que você quer praticar esse tipo de magia. Se sua motivação básica é o respeito e o amor pelos Dragões e pela magia, vá em frente. Mas, se seu objetivo é ganhar poder para impressionar os outros, desista enquanto é tempo. Quando um
Dragão se apresentar, criem um laço de amizade, amor e respeito mútuo com ele (ou ela). Passe algum tempo apenas estreitando esse laços. Convide-o a participar dos seus rituais, para que ele comece a fazer parte da sua vida mágica.
Se suas motivações forem dignas e seu desejo sincero, comece a aprofundar seu conhecimento e sua conexão com os elementos. Compre estatuetas e jóias de dragões, uma vez que eles são atraídos por pessoas que gostem deles e exibem com orgulho esse amor.
Quando sentir que sua conexão com ele está firme e plena, é hora de dar o passo seguinte. Peça a ele que o ajude a encontrar os instrumentos mágicos que você usará na prática da Magia dos Dragões.
Há quem acredite que a amizade com um Dragão é para sempre. Não apenas para esta vida, mas para todas as futuras, por toda a eternidade e além. Por isso, pense muito bem antes de se decidir a trabalhar com eles. Os Dragões já se decepcionaram uma vez com os seres humanos. Não vamos deixar que isso aconteça outra vez.

Fonte: site Portal a&e e http://magicabelhuda.blogspot.com

domingo, 23 de maio de 2010

Ritual Cônico das Vassouras - Pedro Guardião

O formato de um cone é de base circular e termina em ponta. Em magia, é um acessório de grande poder, pois canaliza energias universais. Este é o motivo do chapéu de bruxo(a) ser um cone, ele canaliza a energia da magia em que o Bruxo esta focando em seu ritual.
Existe um ritual muito forte chamado "O Cone do Poder", que é milenar e usado para banir perigos. Mas como é longo, exige muito poder e força, se torna cansativo e as vezes perigoso.
Para substituí-lo sem perder seu valor mágico, os Bruxos com o passar do tempo elaboraram um outro que surte o mesmo efeito e é bem mais simples. Vamos aprender!
É interessante usar os materiais em número ímpar. Então você vai precisar de:

· Vassouras de Bruxa (já consagradas) (3, 5, 7…), e podem ser só suas, ou juntando de amigos(a) bruxos(a).
· Um caldeirão (este pode ser único).
· Incensos e ervas.
· Um cristal.

Monte da seguinte forma:

Junte as pontas das vassouras, deixando distância entre elas na base. Amarre as pontas com uma fita ou corda. No centro coloque o Cristal (energizado com antecedência).
Ao redor das vassouras, coloque um incenso na direção de cada vassoura, formando um círculo ainda maior. E do lado deixe as ervas em fácil acesso, e o caldeirão, ambos próximos das vassouras.
O ritual consiste em você andar em círculo sentido horário, dizendo encantamentos ou orações a seu critério, com os incensos acesos e fogo dentro do caldeirão.
E a cada volta, você joga um punhado de ervas no caldeirão e afirma seu desejo. Dê quantas voltas você desejar, e na hora que estiver satisfeito, sente-se e reflita seu desejo até queimar os incensos.
Faça sozinho(a), ou com amigos bruxos, e não importa se seus pedidos forem diferentes. O que importa, é a energia no mesmo intuito.


Ritual pesquisado e adaptado do site Magia Zen, por mim conferido.

Vídeos Wicca & Bruxaria

Loading...