domingo, 13 de abril de 2014

Como combater a negatividade - Pedro Guardião

Todos nós sabemos, as energias negativas são uma das preocupações do ser humano. Procurar fugir delas é complicado. Elas nos alcançam em qualquer lugar do planeta, mas podemos nos defender começando a tomar uma série de atitudes e providências. Abaixo, seguem seis dicas pessoais para combatê-las: 

1. NÃO TEMER NINGUÉM 

Uma das armas mais eficazes na subjugação de um ser é impingir-lhe o medo. Sentimento capaz de uma profunda perturbação interior, vindo até a provocar verdadeiros rombos na aura, deixando o indivíduo vulnerável a todos os ataques. Temer alguém significa colocar-se em posição inferior, temer significa não acreditar em si mesmo e em seus potenciais, temer significa falta de fé. O medo faz com que baixemos o nosso campo vibracional, tornando-nos assim vulneráveis às forças externas. Sentir medo de alguém é dar um atestado de que ele é mais forte e poderoso. Quanto mais você der força ao opressor, mais ele se fortalecerá. 

2. NÃO SINTA CULPA 

Assim como o medo, a culpa é um dos piores estados de espírito que existem. Ela altera nosso campo vibracional, deixando nossa aura (campo de força) vulnerável ao agressor. A culpa enfraquece nosso sistema imunológico e fecha os caminhos para a prosperidade. Um dos maiores recursos utilizados pelos invejosos é fazer com que nos sintamos culpados pelas nossas conquistas. Não faça o jogo deles e saiba que o seu sucesso é merecido. Sustente as suas vitórias sempre!

3. ADOTE UMA POSTURA ATIVA 

Nem sempre adaptar uma postura defensiva é o melhor negócio. Enfrente a situação. Lembre-se sempre do exemplo do cachorro: quem tem medo do animal e sai correndo, fatalmente será perseguido e mordido. Já quem mantém a calma e contorna a situação pode sair ileso. Ao invés de pensar que alguém pode influenciá-lo negativamente, por que não se adiantar e influenciá-lo beneficamente? Ou será que o mal dele é mais forte que o seu bem? Por que será que nós sempre nos colocamos numa atitude passiva de vítimas? Antes que o outro o alcance com sua maldade, atinja-o antecipadamente com muita luz e pensamentos de paz, compaixão e amor.

4. FIQUE SEMPRE DO SEU LADO 

A maior causa dos problemas de relacionamentos humanos é a "Auto-Obsessão". A influência negativa de uma pessoa sobre outra sempre existirá enquanto houver uma ideia de dominação, de desigualdade humana, enquanto um se achar mais e outro menos, enquanto nossas relações não forem pautadas pelo respeito mútuo. Mas grande parte dos problemas existe porque não nos relacionamos bem com nós mesmos. 'Auto-Obsessão' significa não se gostar, não se apoiar, se auto boicotar, se desvalorizar, não satisfazer suas necessidades pessoais e dar força ao outro, permitindo que ele influencie sua vida, achar que os outros merecem mais do que nós. Auto-obsequiar-se é não ouvir a voz da nossa alma, é dar mais valor à opinião dos outros. Os que enveredam por esse caminho acabam perdendo a sua força pessoal e abrem as portas para toda as pessoas dominadoras e energias de baixo nível. A força interior é nossa maior defesa.

5. SUBA PARA POSIÇÕES ELEVADAS 

As flechas não alcançam o céu. Coloque-se sempre em posições elevadas com bons pensamentos, palavras, ações e sentimentos nobres e maduros. Uma atmosfera de pensamentos e sentimentos de alto nível faz com que as energias do mal, que têm pequeno alcance, não o atinjam. Essa é a melhor forma de criar 'incompatibilidade' com as forças do mal e energias incompatíveis não se misturam. 

6. FECHE-SE ÀS INFLUÊNCIAS NEGATIVAS 

As vias de acesso pelas quais as influências negativas podem entrar em nosso campo são as portas que levam à nossa alma, ou seja, a 'mente' e o 'coração'. Além de manter o coração e mente sempre resguardados das energias dos maus pensamentos e sentimentos negativos, fuja das conversas negativas, maldosas e depressivas. Evite lugares densos e de baixo nível. Quando não puder ajudar, afaste-se de pessoas que não lhe acrescentam nada e só o puxam para o lado negativo da vida. O mesmo vale para as leituras, programas de televisão, filmes, músicas e passatempos de baixo nível. Se é Reikiano use e abuse com (respeito) de todos os símbolos de proteção que tiver acesso, faça-os em sua casa, trabalho, carro em fim use e sinta, essa força em si.

Fonte: Cromo Caio por José Carlos Medeiros de Araujo

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Óleos Astrológicos - Pedro Guardião

Nenhuma cozinha de bruxa está completa se os óleos não estiverem presentes. Quer sejam para trabalhos de magia, de cura ou para culinária, o fato é que o preparo e o uso de óleos têm sido uma parte essencial da arte de bruxas e bruxos no transcorrer dos séculos.

Aprenda você também a preparar seus óleos mágicos, com os quais para ungir velas e instrumentos, usá-los em massagens e banhos, na culinária, em rituais e sortilégios. Se fazem óleos de muitas plantas diferentes. O óleo absorve as qualidades mágicas das plantas. Desta maneira o óleo é usado para promover tais qualidades. Pode-se ainda, preparar perfumes com distintos usos, seguindo as qualidades aromáticas e mágicas de uma planta. Os óleos são muito caros, mas você pode fazer os seus.


ÓLEOS E OS SIGNOS:

Você encontrará na seqüência seguinte os doze signos do zodíaco acompanhados pelos correspondentes óleos mágicos:

ÁRIES: óleo essencial de sassafrás e mais todos os outros que são derivados de ervas regidas pelo planeta Marte.

TOURO: óleo essencial de tanchagem e de violeta, e mais todos os outros que são derivados de ervas regidas pelo planeta Vênus.

GÊMEOS: óleo essencial de alcaçuz e de valeriana, e mais todos os outros que são derivados de ervas regidas pelo planeta Mercúrio.

CÂNCER: óleo essencial de ulmária e de agripalma, e mais todos os outros que são derivados de ervas regidas pela Lua.

LEÃO: óleo essencial de pilriteiro e de zimbro, e mais todos os outros que são derivados de ervas regidas pelo Sol.

VIRGEM: óleo essencial de coentro e de funcho e mais todos os outros que são derivados das ervas regidas pelo planeta Mercúrio.

LIBRA: óleo essencial de curcuma e tomilho, e mais todos os outros que são derivados de ervas regidas pelo planeta Vênus.

ESCORPIÃO: óleo essencial de ginseng e de sassafrás, e mais todos os outros que são derivados de ervas regidas pelo planeta Marte.

SAGITÁRIO: óleo essencial de salgueiro-negro, de dente-de-leão e de sálvia, e mais todos os outros que são derivados de ervas regidas pelo planeta Júpiter.

CAPRICÓRNIO: óleo essencial de confrei, de verbasco e de olmo, e mais todos os outros que são derivados de ervas regidas pelo planeta Saturno.

AQUÁRIO: óleo essencial de lavanda, de pimpinela azul e de valeriana, e todos os outros que são derivados de ervas que são regidas pelo planeta Mercúrio.

PEIXES: óleo essencial de echinacea (também conhecida como rudbéquia) e de papoula, e mais todos os outros que são derivados de ervas regidas pela Lua.

Os óleos astrológicos podem ser usados para ungir bonecos e velas de feitiços; sagrações Wicca e Pagãs (ritos similares ao batismo); rituais de nascimento (também conhecidos como Dias do Retorno Solar) e nas fabricações de perfumes para os signos astrológicos, incensos a serem usados nos rituais.

Se você pretende utilizar um óleo astrológico para massagens no corpo ou para qualquer outro tipo de cura, a minha sugestão é para que você primeiro comprove a segurança do óleo essencial em questão.

MÉTODO DE MACERAÇÃO:


Encha um frasco de ervas e flores as quais quiser extrair o óleo. Podem ser frescas ou secas, embora seja melhor utilizá-las frescas. Cobrir todas as plantinhas do frasco com óleo de amêndoa ou oliva. Fechar hermeticamente o frasco. Deixar repousar durante três dias em um lugar escuro e seco. Agitar periodicamente. Depois de três dias se recolhe o óleo. Se volta e encher com ervas o frasco e se cobre com o óleo recolhido anteriormente. Esse processo deve ser repetido até que o óleo alcance a densidade e o aroma desejado. Ao término do processo, se filtra o óleo obtido em um frasco opaco e fecha bem hermeticamente para que não fuja a fragrância.


Fonte: Rosane Volpatto

Vídeos Wicca & Bruxaria

Loading...