quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Um sábio conto - Pedro Guardião

Em uma reunião, um grupo cochicha enquanto o Mestre ensina sobre os caminhos da vida e a disciplina dos sábios:

- Aquele jovem que sempre vem às reuniões é muito quieto. O que será que se passa? Parece ser chato, não conversa nem interage conosco...

Rapidamente o Mestre os olha pelo canto dos olhos, como se o cochichar fosse dito às alturas para todos os presentes. Então disse:

- Caros aprendizes, não julguem pelas aparências, nem mesmo pelas atitudes. Aliás, não julguem jamais. Essa condição está além da alçada dos Seres Terrestres. Quem apenas observa e pouco fala, um dia poderá sentar-se a sua frente e assim o chamarão de Mestre, como Eu. Lembrem-se dos quinze ensinamentos de Hermes Trimegisto e siga-os à risca, pois somente assim terão a condição de identificar o que está perto do certo ou errado. Essa é a missão de todo bom mago.

E as palavras ecoaram numa forte sintonia para todo o grupo, que calou numa reflexão para vida toda.


por Pedro Guardião.

____________________________________________

A tradução da Tabula Smaragdina:

(1) É verdade, certo e muito verdadeiro:
(2) O que está embaixo é como o que está em cima e o que está em cima é como o que está embaixo, para realizar os milagres de uma única coisa.
(3) E assim como todas as coisas vieram do Um, assim todas as coisas são únicas, por adaptação.
(4) O Sol é o pai, a Lua é a mãe, o vento o embalou em seu ventre, a Terra é sua alma;
(5) O Pai de toda Telesma do mundo está nisto.
(6) Seu poder é pleno, se é convertido em Terra.
(7) Separarás a Terra do Fogo, o sutil do denso, suavemente e com grande perícia.
(8) Sobe da terra para o Céu e desce novamente à Terra e recolhe a força das coisas superiores e inferiores.
(9) Desse modo obterás a glória do mundo.
(10) E se afastarão de ti todas as trevas.
(11) Nisso consiste o poder poderoso de todo poder:
Vencerás todas as coisas sutis e penetrarás em tudo o que é sólido.
(12) Assim o mundo foi criado.
(13) Esta é a fonte das admiráveis adaptações aqui indicadas.
(14) Por esta razão fui chamado de Hermes Trismegistos, pois possuo as três partes da filosofia universal.
(15) O que eu disse da Obra Solar é completo.

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Receitas de Óleos Mágicos - Pedro Guardião

Antes de usar qualquer vela (feita à mão ou comprada) numa cerimônia mágica ou no mais simples dos feitiços, recomenda-se que seja untada com um pouco de óleo durante a fase crescente da lua, para que seja consagrada e carregada de energia mágica.

ÓLEO DA DEUSA:
1/2 colher de chá de milefólio (mil-em-rama) seco
1/2 colher de chá de manjericão seco
1 colher de chá de pó de mirra
3 gotas de óleo de rosas
3 gotas de óleo de lavanda
1/2 xícara de óleo de oliva

Coloque todos os ingredientes num vidro transparente e gire-o de modo suave em direção horária, para lentamente agitar os óleos. (Enquanto isso, encha a mente com imagens da Deusa e visualize Seu poder divino como uma aura de luz branca fulgurante que irradia de suas mãos para dentro do vidro de óleo, carregando-o com energia mágica). Tampe o vidro de modo que fique bem vedado e guarde-o num lugar fresco e escuro por pelo menos sete dias. Coe o óleo num pano de algodão de malha bem aberta; utilize-o para untar velas que tenham por propósito feitiços amorosos, invocações à Deusa, vidência, rituais de cura e todas as formas positivas de magia.

ÓLEO DA BOA SORTE:
1 colher de sopa de losna seca
3 colheres de chá de noz-moscada em pó
1/2 colher de chá de mandrágora em pó
13 gotas de óleo de pinho
1/4 de xícara de óleo de oliva

Coloque todos os ingredientes num vidro limpo e gire-o suavemente em direção horária. Feche-o bem e deixe descansar por treze noites num lugar fresco e escuro. Coe o óleo num pano de algodão de malha aberta e use-o para untar velas que tenham como propósito magias para realização de desejos, rompimento de azar e para feitiços que atraiam sorte, dinheiro 
e sucesso.

Ritual de bênção da Vela:
Usando as mãos nuas, esfregue um óleo sobre a cera, começando pelo meio da vela e indo em direção ao topo, enquanto diz:

EU TE CONSAGRO
INSTRUMENTO DE MAGIA.
ABENÇOADA SEJAS!

Comece novamente pelo meio e agora vá até a base da vela e diga:

A TI ATRIBUO PODER
EM NOME DA DEUSA.
QUE ASSIM SEJA!

Vídeos Wicca & Bruxaria

Loading...