quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Lua Azul ou Lua das Fadas - Pedro Guardião

E o que é uma Lua Azul? Chamada de Blue Moon entre os americanos, uma alusão à Lua Triste, ela nada tem a ver com melancolia ou tristeza! A Lua Azul é como chamamos a segunda Lua Cheia de um mês. É um fenômeno raro e quando acontece deve ser aproveitado! Conhecida também como Lua das Fadas, todos os elementais neste dia mágico se reúnem em volta dos caldeirões das bruxas, brincando, festejando e realizando os mais profundos desejos. Nesse dia, fazemos pedidos e confraternizamos com os seres invisíveis que estão mais próximos de nós. Uma boa magia neste dia é fazer um bolo em forma de Lua Cheia (redondo). Escreva em pedacinhos de papel palavras que exprimem o eu desejo: fartura, amor, prosperidade, boa sorte, carro novo, casa nova, casamento, etc.

Acenda uma vela branca e faça um bolo branco, mas o glacê pode ser azul, se você preferir. Misture esses papeizinhos no bolo. A primeira fatia dele com um copo de leite deve ser oferecido à Lua, deixando numa janela ou jardim. O restante pode ser consumido e oferecido às pessoas da casa. O papelzinho que você pegar primeiro indica o primeiro desejo seu que a Lua ajudará a realizar.

Um ritual para a Lua Azul

Esse é um ritual para conectar-se com as energias da Lua. Ele aumenta a intuição, a magia e dá tranqüilidade e alegria, mesmo nos momentos mais problemáticos da vida. Ele também trabalha a fartura e a prosperidade. Pode ser feito sozinho ou com amigos. Esse ritual, um esbat, tem ar de celebração e deve ser muito leve e sincero. Experimente! Você vai se surpreender com o equilíbrio e a harmonia que experimentará a partir daí!

Você vai precisar de:

Uma taça de vinho branco ou leite
Um bolo em Lua Cheia
Flores brancas
Cristais
Vela branca
Incenso
Pedras claras

Em uma noite de Lua Cheia, faça um círculo com as pedras claras, caminhando no sentido horário, enquanto entoa um cântico.

Minha deusa celestial, minha amiga Lua, minha irmã e companheira, eu celebro tua presença.

Dentro do círculo, enfeite com as flores brancas e os cristais. Acenda a vela branca e o incenso.

Que a deusa esteja presente em minha alma. Assim como esta chama se acende, que meu coração se acenda com tua presença.

Erga seus braços e contemple a Lua. Visualize a luz de prata derramando-se sobre você. Este é um ritual de contemplação. Não há necessidade de muitas palavras.

Eu agradeço, minha deusa e peço que abençoe este alimento para que a magia, a fartura e o amor cresçam em minha vida.

Erga o vinho e a bandeja de bolo à Lua. Veja a luz de prata cobrindo os alimentos. Recoloque os alimentos no altar e faça alguns minutos de meditação, pensando nas coisas que você deseja atrair para sua vida. Então, coma o bolo e beba o vinho (ou o leite). Se houverem mais pessoas presentes, elas também devem ser servidas. Pode haver música e dança para celebrar a ligação com a Lua. O bolo continuará encantado, podendo inclusive ser guardado e consumido depois.

Em combinação com esse ritual, que pode ser feito como abertura, você pode realizar outras magias de acordo com seus desejos mais profundos. Tudo o que for encantado na Lua Azul terá muito mais poder! Aproveite para fazer pós mágicos, poções, água da Lua, elixires, encanar cristais e instrumentos. Também é um bom dia para iniciações!

Uma receita mais moderna de Bolo da Lua

Alguns ingredientes da receita anterior podem ser mais difíceis ou caros para certas regiões, então escolha outro bolo. O importante é que você faça. Inclusive, os bolos de massa pronta dão ótimos resultados em rituais. É só lembrar de escolher um bolo branco, de massa leve e doce, como o bolo de baunilha ou um bolo de leite, como o que coloco a seguir.

Bolo da Lua

4 ovos
2 copos de açúcar
2 copos de farinha de trigo ½ copo de maisena 
1 copo de leite fervendo 1 colher (sopa) de fermento em pó

Modo de fazer:

Tome um banho de cristal ou rosa branca e coloque uma roupa branca ou azul. Acenda velas prateadas, azuis ou brancas durante o preparo. Coloque o leite que será usado perto das velas e faça suas orações e pedidos para as fadas. Coloque música de bom gosto. Bata bem as claras em neve, depois junte as gemas e o açúcar. Bata bem até levantar bolhas. Acrescente a farinha, a maisena e o fermento, e, por último, o copo de leite fervendo. Asse em forno quente.

Dica para a Lua Azul:

Para preparar este bolo para a Lua Azul, aproveite a energia dessa cor para atrair as fadas e as boas energias dessa noite. Misture no leite um pouco de anilina azul ou use num glacê, enfeitando com confetes prateados. As fadas são curiosas e não vão deixar de aparecer quando virem algo tão bonito e diferente!

Elixir das Fadas

Licor de morango das fadas

Ingredientes:

600g de morangos frescos e bonitos
200g de açúcar
1 xícara (chá) de água
1 xícara (chá) de aguardente

Leve ao fogo o morango, o açúcar e a água até parecer um xarope. Coe e junte a aguardente, colocando um cristal dentro. Durante cinco dias, acenda uma vela arco-íris e um incenso perto da garrafa. Depois de cinco dias, coe novamente, retire a pedra e guarde numa garrafa bonita ou decorada. Esse elixir pode ser consagrado na Lua Azul com o poder das fadas, para as quais você deve pedir saúde, ou beleza, ou boa sorte, ou prosperidade. O seu pedido será encantado com desejo que você fizer!

A dança das Fadas

Pra quem busca inspiração, beleza e jovialidade, nada melhor que este ritual simples com as fadas. Acenda nove incensos e coloque uma música bonita e leve. Chame as fadas nove vezes, com as varetas acesas na mão direita erguida. Cante:
           
Fadas belas, amigas adoradas
Venham a mim com a permissão de Paralda
Com a proteção do Arcanjo Rafael
Tornem meu ser doce como mel!

Então, dance com as varetas, graciosamente, fazendo desenhos no ar, visualizando as fadas dançando com você e emprestando-lhe um pouco de seu encanto. Você verá como as pessoas mais sensíveis perceberão logo a diferença em você.

Nessa noite trabalhe com as fadas e aproveite para conectar com as forças invisíveis que estão dispostas a ajudar quem delas precisar. Os pedidos têm uma grande chance de serem atendidos, pois as magias são potencializadas sete vezes. Aproveite para encantar instrumentos, consagrar pós, elixires, poções e tudo o que desejar!

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

I Encontro sobre Wicca e Espiritualidade

Olá, pessoal! Uma novidade surgiu para quem quer conhecer um pouco mais sobre a Wicca, suas crenças e práticas. Devido a pedidos e a necessidade de expor e compartilhar conhecimentos, vamos organizar um grupo de estudos sem fins lucrativos para que cada vez mais pessoas tenham acesso a este tipo de conhecimento e possam contar suas experiências. Para quem é apenas curioso, será uma boa oportunidade de absorver um conteúdo aberto e muito interessante.
Os encontros serão quinzenais em São Paulo - SP, em locais à combinar, sempre perto do metrô pela facilidade de acesso, onde abordaremos temas dentro da religião e esses temas esclarecidos e debatidos com a mente aberta e longe desse fanatismo que encontramos nos dias de hoje.
Nosso primeiro encontro já tem data, local e tema! Espero que você possa comparecer e fazer parte desse grupo, desenvolver, ensinar e aprender com seus irmãos da Arte!
Quem tiver interesse é só aparecer no dia, mas se preferir, entre em contato pelo e-mail: pedro.mistico@hotmail.com para que desde já possamos trocar ideias e bater um papo!
Obrigado à todos!

Pedro Guardião

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

A Tábua das Esmeraldas - Pedro Guardião

É verdade, sem engano, certo e muito verdadeiro:

O que está embaixo é como o que está em cima
e o que está em cima é como o que está embaixo;
por tais coisas se fazem os milagres de uma coisa só.
Assim como todas as coisas são e procedem do Uno,
pela mediação do Uno,
assim todas as coisas nasceram desta coisa única, por adaptação.
O Sol é seu pai, a Lua sua mãe.
O Vento trouxe-a em seu ventre.
A Terra o alimenta e é o seu receptáculo.
O Pai de tudo, o Telesma universal, está aqui.
A sua força permanece inteira quando se converte em terra.
Separarás a terra do fogo, o sutil do espesso, suavemente, com grande habilidade.
Sobe da Terra ao Céu e desce novamente à Terra
e recebe a força das coisas superiores e das coisas inferiores.
Por este meio obterás a glória do mundo e toda obscuridade se afastará de ti.
É a força forte de toda força,
pois vencerá toda coisa sutil e penetrará toda coisa sólida.
Assim o mundo foi criado;
disso sairão adaptações admiráveis cujo meio é dado aqui.
Por isso me chamam Hermes Trimegisto,
porque possuo as três partes da sabedoria do mundo inteiro.
O que eu disse sobre a operação do Sol está completo.

Outros ensinamentos maravilhosos vem de Hermes:

“O Inefável é invisível aos olhos da carne, mas é visível a inteligência e ao coração…”

Medite! Você veio de uma estrela, está em uma estrela e voltará para uma estrela! Da próxima vez, pouse suave. Os mestres te orientam…”

“Medite! Você veste o vestido para descer e tira o vestido para subir…”

Interessante entender também, que existiam diversas divindades cultuadas no Antigo Egito e muitos mitos espalhados pela população. Mas nas câmaras secretas, os hermetistas, os sacerdotes ou hierofantes como eram chamados, sabiam da existência de Uma só força primária e sustentadora de tudo! Essa força era conhecido como o TODO! O TODO aquele que está em TUDO! Esse TODO que é o Brahman do hindu, o Tao do Chinês, o Olorum do africano… e tudo mais pois ele é o TODO!

Que os mistérios possam ser revelados, para aqueles que são fortes de mente, mas principalmente nobres de coração, pois é no coração espiritual que reside a Senda, que leva a luz e a iniciação.

“Em qualquer lugar que se achem os vestígios do Mestre,
Os ouvidos daqueles que estiverem preparados para receber
O seu Ensinamento, se abrirão completamente.
Quando os ouvidos do discípulo estão preparados para ouvir,
Então vêm os lábios para enchê-los de sabedoria”.

“Os lábios da Sabedoria estão fechados, exceto aos ouvidos do Entendimento”.

Hermes o Trimegisto [O Três Vezes Grande]

Existiu no Antigo Egito um mito, uma figura, um mestre conhecido como Toth. A figura de Toth foi mitificada no Egito como o mensageiro dos Deuses e mais tarde na antiga Grécia ele seria também mitificado e conhecido como Hermes o Trismegisto (o três vezes grande). Hermes, ou Thot ficou conhecido como mensageiro dos Deuses e grande mestre da humanidade, por ser concebido a ele ensinamentos, sobre muitas e muitas ciências, como a alquimia, a magia, a astronomia, matemática, geometria, etc. Hoje em dia é levantada a possibilidade de Hermes não ser apenas uma pessoa, mas sim um grupo de iniciados que estudavam juntos e assinavam seus textos com o mesmo nome. Outras teorias mais escandalosas falam de um Hermes Et que teria vindo das estrelas, ensinado o que tinha que ensinar e ido embora.

A verdade é que tanto faz, o importante são os ensinamentos deixados, seja por um Hermes ou por “vários”.

Então o hermetismo, que quer dizer “fechado” é um conjunto de conhecimentos, que por muito tempo foi estudado de forma oculta, nas antigas pirâmides egípcias e por seus hierofantes. Esse conhecimento hermético pode ser encontrado em sua base, na Tábua de Esmeralda e no livro O Caibalion.

A Tábua de Esmeralda é um texto antigo, sua autoria teria sido de Hermes, e fala dos princípios herméticos e do conhecimento oculto transmitido por ele. Muitos não souberam como interpretar a Tábua de Esmeralda, pois ela é escrita de uma forma hermética (fechada) para que apenas os iniciados a compreendessem.

Fonte: Cromo Caio - facebook: 
http://www.facebook.com/pages/Cromo-Caio/255670461126188 

Vídeos Wicca & Bruxaria

Loading...