quinta-feira, 6 de abril de 2017

Resenha – Pelo Cálice e Pela Lâmina

Adquiri o livro ‘Pelo Cálice e Pela Lâmina’ na 11ª CWED (Conferência de Wicca e Espiritualidade da Deusa), nos dias 2 a 3 de junho de 2016, com a vinda de vários membros do Corpo Sacerdotal da Tradição Alexandrina, linha de Boston, ao Brasil. O evento presenteou os participantes com uma exposição de fotos inéditas de Alex e Maxine Sanders, artefatos sagrados dos próprios fundadores, além de palestras introdutórias sobre a T.A. Foi emocionante conhecer de perto Maxine Sanders, a história viva da Wicca.

De volta ao que interessa, este não é um livro para quem busca rituais, forma de lançar o círculo, práticas, invocações, nem nada do gênero. É uma verdadeira contemplação da essência da tradição, das experiências do autor, da origem, da iniciação, do treinamento, das regras e torna-se precioso para os seekers (buscadores) da Wicca Tradicional.

Foi escrito por Karagan Griffth, Sumo Sacerdote da tradição, e publicada pela Logios Projects (http://www.logiosprojects.com), com 140 páginas e oito capítulos. Dentre eles estão:

- Debaixo da Cerejeira – Iniciação na Tradição Alexadrina da Witchcraft
- O Ankh e a Rosa – As origens da Tradição Alexandrina da Witchcraft
- A Luz do Templo – Sacerdotes e Sacerdotisas
- A Dança dos Feiticeiros – O Coven na Tradição Alexandrina da Witchcraft
- Forças Misteriosas – O Poder e a Magia na Tradição Alexandrina da Witchcraft
- Pela tua Mão – O Livro das Sombras da Tradição Alexandrina da Witchcraft
- Os Deuses – O Divino na Tradição Alexandrina da Witchcraft
- Para além do círculo – A aplicação da Craft no mundo dos Homens e o futuro da Tradição Alexandrina da Witchcraft

É um apanhado do significado interno da tradição e expõe sua preciosidade aos que podem percebê-la. Muitas pessoas que se denominam “wiccan” no Brasil, já ouviram ou irão ouvir – pelo menos já deveriam - falar das tradições iniciais, Gardneriana e Alexandrina, mas poucas realmente sabem o que significam de verdade. O que temos hoje como Wicca Eclética é bastante diferente do que se faz nos círculos de Bruxaria Tradicional, com algumas semelhanças. E o que se especula sobre elas, talvez seja apenas isso, especulação. Essas tradições são reservadas e somente os iniciados sabem o que fazem, seus deuses, suas práticas, seu livro das sombras, etc.

Karagan vem na contramão demonstrando que a T.A não é um poço de segredos, mas sim uma tradição de valor, princípios e consequentemente, para poucos. Alex mesmo já dizia “Eleve tudo sempre ao mais alto nível”.  Sua ênfase e suas experiências com ela traz um chamado aos que realmente a entendem.

Uma das diferenças que podemos notar é o treinamento, tanto na Tradição Alexandrina quanto na Gardneriana, que acontecem após a iniciação, e não antes dela, como nas demais difundidas no Brasil. O propósito aqui não é dizer como tudo funciona, portanto, se tiver curiosidade de conhecer mais sobre a T.A, acesse o site, em português: http://www.wiccaalexandrina.com/

O livro é excelente, de destaque, e vale a pena estudá-lo com primazia e verdade. O preço é de R$ 81,62, e pode ser encomendado pela Amazon Brasil.

Vídeos Wicca & Bruxaria

Loading...