segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Resenha – Wicca, Guia do Praticante Solitário

Este livro foi lançado recentemente pela Madras Editora no Brasil e descobri que ele é uma nova edição do "Guia Essencial da Bruxa Solitária", do mesmo autor, publicado pela Editora Gaia em 1998. Comparando-os, este ganha melhorias significantes! Apesar da capa terrível, o título de Scott Cunningham é uma excelente escolha para quem está descobrindo a religião. Ele é, como o próprio título diz, um guia para praticantes solitários e deixa o leitor totalmente à vontade com esta escolha. O conhecimento sobre tradições não faz falta nenhuma nesta leitura. Dividido em três seções (Teoria, Prática e Livro das Sombras das Pedras Erguidas), Cunningham permeia em primeiro momento sobre sábios esclarecimentos do que é realmente a Wicca. 

“Como dito anteriormente, a Wicca, como apresentada neste livro, é “nova”, apesar de ter sido criada a partir de rituais e mitos já estabelecidos, firmemente enraizada em antigos sentimentos religiosos que a Natureza fez questão de soprar em nossa espécie.”

“Os wiccanos não têm a mente tão fechada. Talvez seja a maior de todas as vaidades humanas supor que a própria religião seja o único caminho verdadeiro que leva à divindade. Essa crença já causou massacres incalculáveis e o surgimento do terrível conceito das guerras santas.”

“Muitos confundem a Wicca e a magia como se as duas palavras fossem sinônimas. A Wicca é uma religião que abraça a magia. Se você quiser somente praticar magia, a Wicca provavelmente não é a resposta para você.”

Essas são apenas algumas das frases ditas pelo autor antes mesmo de chegar à página 30. E porque às coloquei aqui? Pois são verdades simples que faltam em algumas obras ou que passam batidas quando a atenção está em deuses, instrumentos e rituais. O livro traz uma experiência de sacerdócio de Scott Cunningham muito interessante para darmos a real importância da palavra religião neste contexto, inclusive belas páginas sobre a Iniciação. Após a boa teoria, a prática não deixa a desejar. Ele ensina sobre o altar, os instrumentos, exercícios, cânticos, gestos e modelos de rituais que, na minha opinião, são bastante simples e particulares. Prefiro e indico criar os seus próprios, com a base que ele ensina.

E ao final encontramos o “Livro das Sombras” com invocações, consagrações e rituais como Esbat e Sabbats. Há ainda receitas, como do Hidromel Suave (quem conhece os livros do Scott com certeza já tentou fazer e sinceramente, precisa de adaptação, pois o sabor é amargo demais), bolos, incensos e óleos. Passa ainda pelas ervas, cristais, runas, feitiços e glossário. Para mim, uma obra completa para quem está dando os primeiros passos ou quem quer/precisa renovar seus conhecimentos, talvez comparando-o com outros autores/sacerdotes que tenham influenciado sua jornada religiosa.

Para quem tiver interesse, aqui está o link da degustação. Primeiro capítulo na íntegra: http://issuu.com/madraseditora5/docs/wica_degosta____o/0

Boa leitura!

Pedro Guardião

Nenhum comentário:

Vídeos Wicca & Bruxaria

Loading...